quarta-feira, 25 de dezembro de 2013

em 9 linhas

a folha em branco,
toda rima,
verso
e
prosa.

é o mesmo vazio.

os domingos continuam um saco.

e eu, tão rabugenta quanto sempre...

ponto.

3 comentários:

  1. As folhas da minha mente
    todas se completam,
    repetindo tua imagem, onde
    tua boca é uma miragem,
    que toda a minha vontade sente.
    Eu não espero entende-la nunca
    "as coisas são como são";
    espero mesmo é pressenti-la
    no desejo de fazer caricias,
    que de vez em quando
    assombram minha alma
    e minhas mãos.

    ResponderExcluir
  2. A curiosidade é sempre algo a contemplar porém, muitas vezes, não se encontra uma resposta para atendê-la. Dito isso, o que faria seu domingo mudar?

    ResponderExcluir