segunda-feira, 20 de junho de 2011

...Ignorar-se é apenas um desperdício.

Do altruísta ao egoísta...
Talvez não exista cura para o que somos.
Talvez porquê, não haja qualquer necessidade de cura.

Por mais que se queira,
quebrar espelhos ou cuspir em janelas,
não há nada de errado conosco,
tão pouco com o mundo... Nunca houve.

Nossos respectivos,
medos, limitações,
coragens,esperanças e corações...
... São; exatamente; como deveriam ser.

E, não há nada mais ingênuo,
do que apenas querer fechar os olhos,
por medo de enxerga-se.

15 comentários:

  1. "E, não há nada mais ingênuo,
    do que apenas querer fechar os olhos,
    por medo de enxergar-se."

    Linda essa parte. Na verdade, todo o poema é lindo, mas essa parte...

    ResponderExcluir
  2. Somos o que somos.
    Um poema desconcertante. Gostei...



    ps.:agradeço pelo recente elogio teu. digo o mesmo em relação à tua arte, eu acho que não existe poesia moderna ou antiga, existe o que nos move e fascina, o que anseia por silêncio ou resposta; o gênio.

    ResponderExcluir
  3. Mais uma obra prima e digo isto tentando não puxar o saco, mas...infelizmente - ou não - não poderei fazê-lo desta vez. Está simplesmente demais, não da pra por ou retirar um acento ou palavra que seja daí, está tudo em completa união.

    Grande abraço.
    Bons Ventos!!

    ResponderExcluir
  4. Uma vez eu achei que tinha ficado cego.

    Será que um dia já enxergamos?

    ResponderExcluir
  5. É um elogio e não uma puxação de saco, não gosto disso também.
    Mas ficou muito boa essa sua criação.
    Eu tinha medo de me enxergar, e hoje tenho problema de vista. Agora, com grau, me enxergo bem.

    ResponderExcluir
  6. Mas agora nem fechar os olhostem adiantado para mim...fugir de mim mesma é o que tento...e ainda assim, você tem razão,"... São; exatamente; como deveriam ser."

    ResponderExcluir
  7. Eu tenho medo de me enxergar as vezes =[

    ResponderExcluir
  8. gritando em linhas sem dar um piu. lindo

    ResponderExcluir
  9. Melhor pensar pra fora, escrevendo.

    ResponderExcluir
  10. impactante demais. sim eu voltei a ler,adoro seu blog mirtes.

    é dificil mesmo aceitar,tudo.
    vc descreveu muita coisa em pouco espaço,lindo.

    ResponderExcluir
  11. Adorei isso!
    Tudo é mesmo,como deveria ser. A gente é quem cria caminhos de ilusões, para fugir da rotina de sempre ter os mesmos sonhos, querendo só exergar o que nossa mente, imagina.
    Abraço Mirtes.

    ResponderExcluir