domingo, 24 de novembro de 2019

Escrevo

Escrevo 
Decidi que voltei a escrever,
não que tenha
qualquer coisa de
consciente nisso, ou de decisão
Não sei se tem…
O que tenho é o silêncio
A letra e um ou outro verso…
Ora, meu
Ora, nada.
O que eu tenho é barulho
Escrever é qualquer coisa
Entre o silêncio e ruído.
Eu tenho sido qualquer coisa entre silêncio e ruído
Até aqui, nada novo.
Decidi que nunca parei de escrever.
Silêncio
Verso
Ruído
Ora, meu
Ora, nada.
Decidi… Porra nenhuma.Mas tô aqui e sei juntar umas letras. Isso basta.

Nenhum comentário:

Postar um comentário