terça-feira, 18 de setembro de 2012

samsara


samsara: as vicissitudes do mundo, da existência humana, a instabilidade e a efemeridade das coisas; a agitação do mundo; a vaidade e a inquietude da vida humana.

-------------------------------------------------------------------------------------------------

sinto falta dos meus cabelos cumpridos,
e dos dias que se passavam tranquilos em mim.

sinto falta de muita coisa em mim. e de nada ao mesmo tempo.

todas as pequenas coisas que você faz para sentir-se
minimamente vivo,
são vulgares e idiotas demais pra valerem uma linha ou duas no teu diário.

nada realmente importa tanto assim...

é uma pequena-grande angústia, a lhe corroer  os ossos, 
pouco a pouco,
te espatifando toda pelo juízo, repetida e inutilmente...

uma velha com câncer dormia serenamente no leito,
hora ou outra sorria,  e resmungava um palavrão...

seus cigarros a estão matando.

não, a vida que tragou, é que está a  matar.

todo o resto é desculpa, 
propaganda vazia de vida saudável...

enquanto isso, outra velha,
vomita restos de angustias e  sopa em um saco plástico.

no fundo isso tudo é banal também...

o que tenho eu vomitado toda a minha vida?

traguei o que dela?

certamente, ela terá tragado muito mais de mim...

e certamente o tempo também me vomitará;
inteira  
a vida, em um saco plástico algum dia ...

e isso será só um tanto desconfortável, 
eu sei..
mas não tanto quanto é  desconfortável, se saber efêmero e sozinho dentro de si.

5 comentários:

  1. na vida há um propósito junto à consciência.
    uma vez que você pensa e se questiona...

    e o tempo só não é mais corrosivo por falta de humor.

    ResponderExcluir
  2. Tudo é efêmero, sem importancia. Que sugue tudo, que tudo me sugue. Não me importo.

    (Depois que li seu poema me pus a ouvir Ray Charles. Blues é um negócio do caralho,né não?)

    ResponderExcluir
  3. A ponto de arrancar os cabelos.

    Sinta os fios arrebentando.

    ResponderExcluir
  4. Quando, se eu sair do recinto de concreto, escreverei.

    ResponderExcluir