sábado, 18 de abril de 2015

uma noite dessas ainda me atravesso o peito,
como quem espera saltar de uma ponta a outra de um abismo,

e voo. 

Um comentário:

  1. Se voar avise os anjos para vigiarem teu pouso, a mente da gente sabe dar respostas enquanto cuidamos da poesia, do dia à dia e das vontade do corpo.
    Saudações.

    ResponderExcluir