sábado, 16 de julho de 2016

A poesia corre feito um rio
serena, 
transborda e afoga,
o verso e o peito.

Nenhum comentário:

Postar um comentário