segunda-feira, 6 de setembro de 2010

Relógio quebrado

É tudo tão inútil,
E de toda essa inutilidade já estou farta.
Estou farta de tanto bater,
De tanto apanhar,
De tanto tentar abrir portas que não se querem abrir,
Eu estou cansada desses dias vazios,
E dessas horas que parecem não passar.

É sempre o mesmo tic-tac incessante do relógio,
Que não corre?
Não;os seus ponteiros não correm mais,
Pois o relógio quebrou,
E eles pararam!

E marcam meio-dia?

Não; eles marcam meia-noite,
...Tanto faz é tudo a mesma coisa.

Meio dia ou meia noite,
É sempre meio ,
Nunca inteiro.

É sempre pela metade....
É sempre só uma parte,
É sempre pouco,
É sempre lento.

Os ponteiros vão andando,
Eu fico de olhos fechados, apenas escutando esse tic-tac sem fim,
Apenas escutando, sem conseguir dormir,
Sem conseguir desviar a minha atenção para outra coisa,
Fico apenas escutando e pensando,
Nas horas que não passam,
Nas horas que ficam,
Ficam aqui comigo,
Nos meus ouvidos ,
Nas horas que se prendem a mim em forma de relógio,
Em forma de tic-tac...

Tic-tac,tic-tac,tic-tac...

Maldito tic-tac que não cessa...
Malditas horas que não passam...

Ai,estou farta desse tic-tac,
Vou comprar um relógio analógico...
Que bobagem, com ou sem tic-tac,
As horas vão continuar
guardadas na minha memória,
Que continua a escutar o tic-tac que já passou,
O tic-tac que está dentro da minha cabeça...
O tic-tac incessante que está preso nas horas que não passam,
E eu não preciso de relógio algum para ouvir o barulho das horas que não passam,
Pois elas não fazem barulho,
Elas só passam,
E ficam ...

Ficam latejando dentro da minha cabeça,
Como se fosse o tic-tac ,
Do relógio que não tenho,
Das horas que desperdicei,
Das horas que se foram,
Dos tic-tacs,que não escutei,
Como se fosse o som das horas que ainda não passaram.

Ah, acho que prefiro o tic-tac do relógio....
...Sim,prefiro ouvir o tic-tac ,
Do relógio quebrado que marca as horas que não passam.

4 comentários:

  1. Muito bom, essa sensação do tempo estar se arrastando é horrivel. Seus textos são ótimos. Parabéns.

    ResponderExcluir
  2. Parabéns, conseguiu expor em palavras o sentimento!

    ResponderExcluir
  3. Admiro muito uma escritora que começa com um "É tudo tão inútil, ... estou farta ..."

    Adoro esse estilo, é disso que as pessoas realmente precisam.

    ;*

    ResponderExcluir
  4. O tempo e o relógio da vida é sempre constante e inconstante em nossas vidas, parabéns pelos versos e pelo espaço poetisa.

    Um cordial abraço!!

    ResponderExcluir