quarta-feira, 9 de novembro de 2011

Abra o bico

Desencantou-se o passarinho com o próprio canto.

Devagarzinho, foi fechando o bico, de nota em nota,
foi calando no fundo da garganta,
o canto.

Passarinho tolo, assim calado,
quer agora aprender a voar...

Passarinho bateu assas e... Caiu.
Brisa primeira derrubou.

Ora, passarinho que não canta, voa não senhor.

Disse o chão pro passarinho,
que abriu o bico, sem dá mais nenhum piu.

3 comentários:

  1. Uma tal de "ansiedade" me causou algo parecido. Não aquela de esperar logo por viajar ou por alguém chegar. É aquela que desgraça a vida.

    ResponderExcluir
  2. "Ora, passarinho que não canta, voa não senhor."

    Pode um passarinho voar cantando, ou só pode cantar quem está parado?

    ResponderExcluir