terça-feira, 15 de novembro de 2011

Cartas para ninguém

Dia 15   

Me sinto cada dia mais velha e irritada,
e irritante,
e ineficiente... E insuficiente.

Sufocando o ar, pouco à pouco, no meu coração;
estou vomitando a minha impaciência em forma de poesia e solidão...

Mas não há mais nada que eu queira, realmente fazer agora...

Me lembro de ter visto ontem, crianças brincando em frente ao quintal, e finjo me esquecer do tempo frio e da chuva caindo...

... E por enquanto acho que isso basta para me aquecer.

E quem sabe até cale um pouco do meu mau humor, por pelo menos, mais uma meia dúzia de linhas.

... E, definitivamente, isso me basta por hoje.

4 comentários:

  1. Gostei da forma de vomitar impaciência.

    ResponderExcluir
  2. http://nayaron.blogspot.com/2011/11/jessica.html

    A melancolia/arte une essas meninas.

    ResponderExcluir
  3. Deixe o tempo ler, eis um bom leitor. Abraços!

    ResponderExcluir